Amor, eu não estourei seu cartão, nem o meu…

A danada da palavra outlet combina com meu bolso e me deixa muito mais feliz. Em busca de um short para cobrir um galho (já que tinha esquecido um para acompanhar meu marido no hospital) avistei uma loja da Hope (na Avenida Pontes Vieira, em Fortaleza) logo quando chegamos. De cara algo me deixou empolgada: a loja era um saldão da marca, Rá!

Gilese: estrela da tão falada campanha da marca que virou caso de ministério no Brasil

Gilese: estrela da tão falada campanha da marca que virou caso de ministério no Brasil

Isso sim é outlet!

Todo mundo sabe que a Hope é mesmo coisa phyna e que as peças que vão dos sutiãs, passam pelas calcinhas e chegam as vestimentas de dormir têm todas precinhos bem salgados, coisa de barão (tipo, pijamas por R$ 100,00 e mais de R$ 200,00, meinhas fofas por R$ 58,00). E eu que raramente me arrisco nas roupitchas caras, a necessidade me fez entrar lá.

Loja ampla, bonitona, bom atendimento, bons preços, máquina de café expresso e som ambiente cool: é o céu?

O que não imaginei é que as peças seriam muito, muito, mas muito baratas, coisa até inacreditável pela qualidade dos produtos da Hope. Olhos brilharam e o que era pra ser só um short transformou-se em algumas peças.

O destaque aqui vai para as opções que a loja possui, mesmo com cores e numerações restritas (enfim, outlet que é outlet é assim mesmo!), sem colocar nos descontos peças sem futuro e que você vê que é puro desencalhamento de estoque. A iniciativa da marca de fazer uma pobre feliz e sair com uma sacola cheia de peças não tem preço! Tks Hope.

Biquini (sutiã por 19,00 e calcinha por R$ 19,90)

Sutiã decote profundo push-up que custa em média R$ 62,00 saiu por R$ 38,95

Blusa de pijama que para mim virou blusa regata (R$ 9,95)

Então, o shortinho saiu por R$ 8,95

Nada de sacolas de plástico e baratas só por as peças estarem com descontos... o/

Veja mais modelos da marca no site da Hope.

Assista ao vídeo da campanha que deu o que falar.

Por Érica Chianca, de Fortala- Ceará

Pijama, já pra rua!

A associação entre pijama e rua é no mínimo coisa para doido, ou milionário (conheça a história do criador do Facebook que vai às reuniões trajando pijaminhas). Já no mundo das criativas apaixonadas por roupas, pijama vira peça disfarçadinha para andar por aí…

É isso mulherada! Vamos mostrar a vocês como podemos utilizar em grande estilo essas peças que só tiramos do guarda roupa para a hora da preguiça. A ideia surgiu após um post da Riachuelo, no Face, de uma camisa para o verão que uma menina trajava um suposto short de um conjunto de baby doll preto. Além dessa passagem, sempre olhei as minhas peças de dormir com um ar curioso…

Em tempos de moda para as blusinhas de cetim, quem sabe as suas camisolas, conjuntinhos e calças de pijama não possam ser usadas como roupa para o dia a dia? Fomos garimpar e deu nisso. Curtam as dicas!

|partes de cima que viram camisetas|

Blusas de baby dolls podem servir como camisetas para compor looks com calças, shorts, saias curtas e longas

|partes de baixo que viram short|

Look publicado pela Riachuelo: short preto de baby doll garante a produção descolada. Curtimos pra caramba!

|pijamas de frio que viram calças|

Calça de pijama ficou fofa na composição feita pela moça

|camisolas que viram vestidos|

|pijamas que viram roupa completa|

 

por Érica Chianca

Blog no WordPress.com.